Identificador no Waterfall do MMSSTV.

( no modo FFT )




A partir da versão 1.02, o MMSSTV permite transmitir no final da imagem, além do identificador em FSK opcional (prefixo do emissor, que é transferido automaticamente na recepção para o Log , Call, %c), um outro identificador em MCMTHELL, no lugar do CW ID. Veja um exemplo :

A figura seguinte mostra um exemplo de configuração para identificador no waterfall, no caso o arquivo py4zbzid.mmv é executado após a imagem (e o eventual FSKID). Esta configuração é acessada em Option, Setup MMSSTV, TX, e substitui a identificação em CW :
Observação importante : Para que o waterfall funcione corretamente na recepção, deve ser configurado em VIEW, Spectral display, para FFT.( e não FM Demodulator, que é o default na versão 1.03.) . E a visualização é melhor com o Spectral Trail : OFF.

O sinal MCMTHELL é um sinal multitonal concorrente e por isso só pode ser visto com FFT, (transformada rapida de Fourier), que permite ver os varios tons do espectro simultaneamente.
O demodulador de FM só permite ver um sinal, o de amplitude dominante.

O arquivo com extensão mmv é simplesmente um arquivo de som com cabeçalho próprio para o MMSSTV (é um cabeçalho de arquivo wav simplificado).
Para gerar arquivos de som mmv, criei um novo e pequeno programa (em Turbo Pascal, para DOS ou janela DOS do Windows) : o Germmv.exe, melhorando o antigo zbzhell.exe, e permitindo agora criar imagens, além do texto.
O tamanho do arquivo gerado é proporcional a quantidade de linhas usadas na tela de desenho.
É importante evitar uma grande quantidade de pontos (que correspondem a tons) numa mesma linha horizontal, porque o germmv.exe gera o sinal multitonal com nivel (de cada tom)  inversamente proporcional a quantidade máxima de tons por linha, para não saturar o sinal de audio na saida da placa de som, durante a transmissão.
É recomendado usar somente as linhas inferiores se desejar criar arquivos menores, pois a transmissão começa pela linha 1 que é a inferior. (o numero da linha pode ser visto na opção desenho do programa, assim como o numero da linha com a maior quntidade de pontos).
De qualquer forma, inicie qualquer desenho ou texto sempre pela linha 1.

Instale o germmv.exe no mesmo diretório do MMSSTV, pois assim os arquivos mmv serão mais facilmente acessados. (por simplicidade, o germmv só cria os arquivos mmv no diretório onde é instalado e executado)

Os arquivos criados pelo germmv.exe são baseados em uma taxa de amostragem de 11025Hz.
O MMSSTV faz uma conversão automática (por sobre/sub amostragem), caso você use uma taxa diferente no MMSSTV.(apenas para o ID MMV, porém com perda de qualidade).
Faça aqui o download do Germmv.exe  ( zipado, junto com outros) e por favor, leia as intruções acima !

Veja também um programa que transforma imagens em arquivos de som:


A imagem seguinte foi feita com o meu programa  PicFall.exe  e visualizada no waterfall do MixW:

No waterfall do MMSSTV, que é muito menor, o resultado é um pouco inferior: veja aqui.

Download : PicFall.exe  (zipado, junto com outros) para criar arquivos .mmv de imagens com tons de cinza.
Agora também permite gerar arquivo de som no formato WAVE.  (versão 0.05 de 02/06/2002)
(Imagens coloridas serão transformadas em monocromaticas automaticamente).
Veja acima como configurar o MMSSTV para reproduzir arquivos .mmv no final da imagem.
 

Experimente... aceito sugestões e comentários...
Veja também o programa MCMTHELL.exe, que permite fazer QSOs exclusivos nesta modalidade, na qual os olhos e o cerebro são os principais decodificadores...